Que a luz do evangelho do cristo possa estar em seu coração iluminando o caminho de outras pessoas.

Livro - Lançamento

Cap. 35 - Indagações no Cotidiano - Chico Xavier e André Luiz

Comunicação do Espirito Dom Helder Câmara

Direitos, ou Valores Humanos no ensino?

Prezado(a) Educador(a)

Esperamos que compreenda que estamos retornando ao assunto “Valores Humanos”, por sentirmos que o momento nos pede tal ação, tendo em vista que está em discussão pelo Conselho Nacional de Educação-CNE a inclusão de Direitos Humanos como disciplina no Ensino Básico e no Superior.

Gostaríamos de tecer algumas considerações a esse respeito, visando clarear um pouco essa questão, entendendo que todos os educadores do país podem, de alguma forma, apor sua influência para que essa decisão seja a mais acertada possível, posto que irá influir no futuro da nossa sociedade, que todos queremos seja mais pacífica, mais ética, mais honesta e justa.

Estamos, pois, pleiteando a inclusão também do ensino de Valores Humanos no currículo escolar do Ensino Básico e Médio, pelas seguintes razões:

Ensinar Direitos Humanos é informar sobre os direitos do cidadão. Mas conhecer o conteúdo de uma lei não significa que ela será obedecida pela maioria. Se assim fosse, a criminalidade seria mínima no país.

Já, ensinar Valores Humanos é formar o caráter do cidadão.

O que queremos para nosso futuro: pessoas bem informadas sobre seus direitos e os dos outros, ou pessoas de caráter bem formado?

O ensino de Direitos Humanos não alcança a essência das necessidades educativas do ser humano. Informa, mas não forma, e é essa formação interior que se estabelece pelas vias da mente e do coração, que poderá formar verdadeiros cidadãos.

Nas aulas de Valores Humanos são ensinados, dentre outros, o respeito em toda a sua amplitude, não apenas pelos considerados diferentes, mas por todas as pessoas, assim como, também, por si mesmo, pela natureza, pelo meio ambiente, pelas leis, pela vida, por tudo. E quando, como acontece nas aulas do Programa Cinco Minutos de Valores Humanos para a Escola, tais ensinos estão difusos dentro da trama de um conto ou de uma narrativa, criados para o fim proposto, eles se aninham nos meandros do coração, gerando influência positiva para o resto da vida.

Portanto, é fácil perceber que o ensino de Valores Humanos contempla também os Direitos Humanos, ampliando-se mais ainda para ensinamentos e vivências sobre honestidade, bom convívio, ética, responsabilidade, justiça, verdade, não violência; olhar o outro com um olhar de paz, de solidariedade, não de competitividade, posto serem esses os fundamentos da não violência. Além disso, os alunos também aprendem a admirar e a amar a natureza e a vida, em todas as suas expressões.

Há também a questão dos gastos que o país terá com a inclusão da disciplina Direitos Humanos no currículo escolar, pela necessidade de formação de profissionais para elaborar e ministrar esses conteúdos, além da geração de grande quantidade de material didático, etc.

Já o ensino de Valores Humanos não trará despesas para o país, tendo em vista que existem programas gratuitos na Internet, dentre eles, o Cinco Minutos de Valores Humanos para a Escola (www.cincominutos.org) de nossa responsabilidade, que já foi avaliado e adotado por várias secretarias de educação estaduais e municipais, e recebe apoio do MEC, conforme se vê em seu site: http://portaldoprofessor.mec.gov.br/link.html?categoria=19 . Esse Programa foi elaborado de forma a facilitar ao máximo sua implantação, e com despesa mínima para as escolas, ou seja, apenas a das cópias xerox das apostilas para uso dos professores.
OBSERVAÇÃO: Nosso grupo é informal e não recebe, nem quer receber qualquer ajuda material de órgãos públicos e/ou particulares, com exceção do que se refira à divulgação e/ou implementação do Programa.

Se concorda com o exposto, pedimos que faça o que estiver a seu alcance para que os membros do CNE se inteirem das considerações acima, a fim de que aproveitem o momento de debates sobre a inserção de Direitos Humanos que está ocorrendo no país, para incluir a mais importante das disciplinas para o momento atual, ou seja, Valores Humanos, no currículo do ensino Básico e Médio.

Ficamos muito gratos por sua atenção e confiantes em que esse pleito terá ressonância nos meios educativos do país.

Cordialmente,

Saara Nousiainen
Coordenadora - Programa Cinco Minutos de Valores Humanos para a Escola
caminhos2008@gmail.com
www.cincominutos.org
Tel. 85 3249-6812